NOTÍCIAS

CRT vs RCM: O regresso após 9 meses

O Rugby Clube Montemor (RCM) começou a nova época com uma derrota, nas Olaias, num jogo que se avizinhava difícil, mas que deixou algumas boas indicações para a época que os Mouflons só agora iniciaram.

Foi só à 5ª jornada que o RCM se estreou nos relvados na época 2020-2021, depois de cumprir isolamento profilático devido a um caso positivo registado no plantel montemorense. Passados 9 meses desde a última partida oficial, o RCM entrava finalmente em campo contra uma equipa do Técnico que se encontrava moralizada depois de ter ganho a última partida, frente ao CDUL, alcançando a liderança do grupo B.

O início da partida não foi feliz para o conjunto liderado por João Baptista Malta e José Mendes da Silva, que se viu desde logo encostado à sua linha de ensaio. E foi logo à passagem do 3º minuto que sofreu o 1º ensaio da noite, depois de não conseguir suster o ímpeto dos 8 avançados do Técnico, numa melee a 5 metros, com o seu número 8 a mergulhar para dentro da linha de meta montemorense.

Apesar de se registar um equilíbrio em jogo aberto, com mais posse para a equipa do CR Técnico, os homens de Montemor iam defendendo todas as investidas da equipa casa. As sucessivas penalidades a favor do Técnico iam empurrando novamente os alentejanos para a sua linha de ensaio e aos 9 minutos surge novo ensaio da avançada do Técnico, depois de um maul imparável a 5 metros. O pack avançado do RCM sentia muitas dificuldades para parar o pack avançado oponente, tanto nos alinhamentos como nas formações ordenadas, algo que se registou durante toda a partida.

Aos 21 minutos, o RCM tem a oportunidade de inaugurar o marcador, com uma penalidade favorável à entrada do meio campo da equipa do Técnico, mas o pontapé de 40 metros de Miguel Casadinho saiu mal direccionado.

Com apenas 8 minutos para se jogar, a equipa da casa volta-se a instalar perto da linha de ensaio do RCM que, de maneira aguerrida, ia defendendo os sucessivos picks da avançada do Técnico. Porém, tudo se complicou quando António Mendes, pilar direito, viu o cartão amarelo por uma placagem só de ombro. Seguiu-se nova melee a 5 metros da linha de meta e novo ensaio do 3ª linha centro da equipa do CR Técnico. Nesta jogada surge novo amarelo para os forasteiros, desta feita a José Maria Vacas de Carvalho (que vinha sendo um dos melhores da 1ª parte).

A 1ª parte foi um jogo pautado pelo equilíbrio, com um maior ascendente por parte do Técnico, onde as fases estáticas iam fazendo toda a diferença.          

Intervalo: CR Técnico 19-0 RC Montemor

A equipa do RC Montemor entrou bem na 2ª metade, mesmo jogando temporariamente com 2 jogadores a menos, onde foi várias vezes aos 22 metros da equipa do Técnico, mas sem conseguir transformar essas idas em pontos, fruto de uma boa defesa da equipa da casa e a alguma complacência no ataque alentejano.

À passagem dos 14 minutos da 2ª parte, já com o estreante Pedro Beltrão em campo a render António Veiga, após novo maul formado perto da linha de ensaio do RCM surge o 4º ensaio da avançada do Técnico, a castigar a passividade dos avançados do Montemor.

O jogo encontrava-se dividido, com a posse de bola a ser repartida pelas duas equipas e onde a defesa se ia sobrepondo ao ataque.

Entrou André Pinto Gouveia para o lugar de Pedro Silva Borges e João Bibe substituiu Miguel Casadinho.

No último quarto da partida, a história foi diferente. Com 2 ensaios seguidos da equipa do Técnico, com boas combinações dos seus 3/4 a jogarem desde a sua linha de 22 metros arrasou a equipa do RCM que vinha subindo no jogo.

Procederam-se a várias substituições com a entrada de João Potier, António Cecílio, Pedro Tigre para o lugar de José Luís Castro, Manuel Marques dos Santos e Pedro Jaleco.

O RCM não desistiu e foi à procura do ensaio de honra, instalando-se por largos minutos dentro dos 22 metros da equipa da casa, mas sem nunca conseguir atravessar a última barreira defensiva.

Foi novamente o Técnico a marcar, o seu 7º ensaio, com nova arrancada do seu 3/4 centro, a abrir por toda a defesa montemorense, sem ninguém o conseguir parar.

Os derradeiros minutos da partida foram sempre jogados no meio campo do Técnico, mas o ataque do RCM pouco imaginativo, não foi capaz de quebrar a muralha defensiva do CR Técnico.

Foi o primeiro teste à equipa do RC Montemor que, apesar das dificuldades na preparação do jogo, mostrou-se combativo na defesa, apenas tendo quebrado fisicamente nos últimos 20 minutos.

Resultado Final: CR Técnico 45-0 RC Montemor               

15 Inicial

1. Diogo Porto, 2. António Veiga, 3. António Mendes, 4. Manuel Marques dos Santos, 5. José Luís Castro, 6. Pedro Silva Borges, 7. Manuel Malta Nunes, 8. José Pedro Pinto Gouveia, 9. José Maria Vacas de Carvalho, 10. Miguel Casadinho, 11. Miguel Rosa, 12. João Vacas de Carvalho, 13. António Redondo, 14. Luís Vacas, 15. Pedro Jaleco

Suplentes

16. Pedro Beltrão, 17. Miguel Peñalta, 18. João Potier, 19. André Pinto Gouveia 20. António Cecílio, 21. João Bibe, 22. Pedro Tigre, 23. João Rodrigues

👉Assista aqui ao resumo do jogo