NOTÍCIAS

RCM vs AAC: Começar o ano com o pé esquerdo

O Rugby Clube de Montemor somou a sua segunda derrota na competição, desta vez frente à Académica de Coimbra, num jogo que se previa equilibrado, mas que só teve um sentido. As duas equipas entraram em campo apenas separadas por um ponto, favorável aos “estudantes”.

Foram os visitantes a entrar melhor e, logo aos 3 minutos, marcaram o primeiro ensaio da partida, aproveitando da melhor forma um erro na introdução do alinhamento dos mouflons. Os erros no manuseamento da bola por parte do RCM impossibilitavam aproximar-se da área dos “pretos”, que iam utilizando a ferramenta do jogo ao pé para colocar pressão nos homens da casa. Com visíveis dificuldades nos alinhamentos, o RC Montemor não conseguia sair do seu meio-campo e foi com naturalidade que os “estudantes” alcançaram o segundo ensaio do jogo, à passagem dos 20 minutos.

O RCM ainda viria a reduzir, por intermédio de um pontapé de penalidade convertido por Miguel Rosa mas, ainda antes do apito para o descanso, a Académica obteria o ponto de bónus ofensivo, marcando mais dois ensaios, perante a passividade da defesa montemorense.

Intervalo: RC Montemor 3-24 AA Coimbra

Com o retorno do descanso não vieram novas ideias e foi a Académica que voltou a entrar melhor com novo ensaio logo a abrir a 2ª metade. Nova solicitação ao pé, correspondida pelo ponta dos estudantes que marcou o seu segundo ensaio na partida.

João Baptista foi forçado a mexer na equipa, fazendo entrar Miguel Casadinho para o lugar do lesionado Pedro Jaleco. Os constantes pontapés para as costas da defesa montemorense iam empurrando cada vez mais a equipa da casa para a sua linha de ensaio. O trabalho dos avançados dos “pretos”, junto à área de validação adversária, foi recompensado com a obtenção do sexto ensaio.

Foi depois de uma saída de nº8 sublime de José Pedro Pinto Gouveia, que galgou metros até ser parado em falta, que a equipa da casa “ganhou alma” e que quis, finalmente, mostrar serviço. Infelizmente, José Pedro foi obrigado a abandonar a partida após o lance, com queixas no joelho. Entrou para o seu lugar Pedro Silva Borges. O RCM chega finalmente à linha de ensaio adversária, com Miguel Rosa a finalizar à ponta uma boa jogada dos três quartos mouflons. Ensaio não convertido, quando se jogavam 13 minutos da 2ª parte.

A equipa volta a sofrer alterações, entrando em campo os irmãos Gonçalo e Ricardo Catita para os lugares de João Maria Santos e Ricardo Romeiras, respectivamente. Apesar do ligeiro ascendente do RC Montemor nesta fase da partida, foram os visitantes que voltariam a marcar pontos. Uma entrada junto às franjas do ruck só parou dentro da área de ensaio da equipa da casa.

Apesar do resultado avolumado, o RCM continuava a mostrar uma diferença de atitude daquela que tinha demonstrado durante toda a partida. E se os montemorenses sentiam dificuldades na conquista dos seus alinhamentos, o mesmo não se pode dizer das formações ordenadas, com o pack avançado do RCM a empurrar os avançados da Académica para trás.

Foi mesmo de uma formação ordenada que nasceu o último ensaio da partida, com José Luís Castro a finalizar um grande esforço de todos os avançados mouflons, incluindo os recém entrados João Rosa, Francisco Rasquinho e João Potier. Ensaio convertido por Miguel Rosa.

Até ao final da partida, já com David Pedreirinho em campo, o RC Montemor procurou diminuir a desvantagem, mas esbarrou numa defesa de qualidade da equipa de Coimbra.

Resultado Final: RC Montemor 15-43 AA Coimbra

1. Mzo Buthelezi, 2. Diogo Porto, 3. António Mendes, 4. Agustin Lauzurica, 5. José Luís Castro, 6. Manuel Marques dos Santos, 7. André Pinto Gouveia, 8. José Pedro Gouveia; 9. Ricardo Romeiras, 10 João Bibe, 11. João Maria Santos, 12. Luís Vacas de Almeida, 13. António Redondo, 14. Miguel Rosa, 15. Pedro Jaleco

Suplentes

16. João Rosa, 17. Francisco Rasquinho, 18. João Potier, 19. Pedro Silva Borges, 20. Ricardo Catita, 21 Gonçalo Catita, 22. Miguel Casadinho, 23. David Pedreirinho

#RCMTV #RCMAAC

Assista aqui ao resumo do jogo